Arrumar mala, na minha humilde opinião, é sempre algo trabalhoso e de se pensar a longo prazo. Obviamente que eu não enlouqueço fazendo planos para arrumar uma mala para uma viagem de 30 dias.
Estou falando das viagens um pouco mais longas, de mais de 1 semana e feitas com malas “padrão Ryanair”, malas pequenas, que podem ser levadas na cabine junto com você, e só! Arrumar uma mala dessas para uma viagem de mais de 1 semana é um desafio, especialmente quando se tem mudança brusca de temperatura (no meu caso: Praga e Budapeste X Marrocos e Portugal) com até 20 graus de diferença.
Eis que resolvi vir aqui, mesmo sabendo dos 1 milhão de posts já existentes sobre o assunto, falar sobre a minha mala, ou melhor, mochila!

SOBRE O MOCHILÃO

A escolhida foi uma Quechua (marca boa e não absurda de cara) de 50 litros. O principal ponto dela, pra mim, é esse zíper frontal que permite que eu possa me organizar melhor, porque ela abre como uma mala mesmo.
Estou acostumada a usar mochilão, mas esse sistema de enfiar as roupas na mochila só pelo buraco de cima (tipo um saco sem fundo) sempre me deu nos nervos e eu acabava tirando todas as roupas de dentro, toda vez que mexia na dita cuja.
Também, uma mochila que tenha bons bolsos laterais, esponja nas costas para não machucar e fitas para ajustar ela no corpo é o mínimo que você vai querer ter.

como arrumar a mala

A escolhida

PLANEJAMENTO

Explanei um pouco sobre a mochila, mas depois tem post especial pra esse assunto (mochilas, malas, o que é melhor e afins), esse post é pra falar mesmo sobre o desafio que é se vestir decentemente sem carregar o roupeiro inteiro nas costas!

Para isso, vou citar umas regrinhas básicas aqui, que todo mundo já deveria saber:

1. A primeira e mais importante: você não está indo para um desfile de moda, está indo viajar! Ninguém vai dar bola para o que você veste, e você dificilmente vai cruzar com as mesmas pessoas por vários dias seguidos, então amigx LIBERTE-SE!

2. Conforto é a regra, isso vale para sapatos, bolsas, casacos e roupas. Uma bota de salto fica linda no inverno, mas ocupa um super espaço e vai fazer seus pés doerem. A melhor coisa de viajar é poder explorar as cidades a pé, use roupas e acessórios que te permitam ter essa mobilidade.

3. Invista em cores neutras, pegue uma cartela de cores: eu por exemplo amo preto, branco e cinza, mas pode ser uma mais pro bege, marrom também, depende do seu gosto. Assim você tem inúmeras peças que vão casar entre si, e garante vários looks com poucas peças de roupa.

4. Especialmente para o frio, aposte nas roupas de baixo, são elas que você vai trocar com mais frequência, e são elas também que ocupam menos espaço.

5. Mas então eu vou andar sempre sem graça? Não lindx, você vai ser criativa e investir em acessórios para mudar a cara das suas produções. Se o acessório tiver dupla função (tipo scarf que pode ser saída de praia) então é vitória ao quadrado!

6. Para viagens longas, mais de 1 semana, entenda uma coisa: você vai ter que lavar suas roupas em algum momento. Não adianta levar 30 calcinhas para uma viagem de um mês, não faz sentido. Então faça sempre sua mala para 1 semana, e vá lavando as roupas ao longo da viagem.

7. Menos é mais, caso ainda não tenha ficado claro o que falei até aqui hahaha. Sempre dê aquela olhada crítica pra dentro da mala, por mais que vá doer no coração, sempre tem aquele item que a gente quer levar, mas que sabemos que não vamos precisar… desapega!

A dica de ouro aqui, e que eu que sou a louca das planilhas amo, é pesquisar como vai estar a temperatura dos países (caso seja mais de um ou dois no seu roteiro), especialmente se eles tiverem clima diferentes, como falei lá em cima.

Eu fiz essa planilha aqui para poder visualizar melhor como vai ser a variação de clima, e quanto tempo vou ficar em cada temperatura, assim fica mais fácil saber a prioridade que devo dar para cada tipo de roupa.

como arrumar a mala

AS ROUPAS

Considerando que vou ficar uns X dias no frio de X a X graus, e mais uns X dias no “calor”de X a X graus, decidi dividir a minha mala entre peças de frio, peças de calor e peças coringas, que vou usar nas duas situações.

Inverno:

⦁ 2 calças de pelúcia ou térmica
⦁ 4 blusinhas de algodão de manga comprida (para usar por baixo das de lã e como pijama também)
⦁ 3 blusões de lã
⦁ Meias térmicas ou peludinhas
⦁ Touca, cachecol e luvas
⦁ Casacão pesado, resistente à chuva e vento, com touca

Outuno/Primavera

⦁ 1 calça soltinha de algodão
⦁ 4 camisetas de manga curta
⦁ 1 camisa jeans (faz as vezes de casaquinho leve)
⦁ 1 moletom ou casaco mais leve

Neutras

⦁ 3 leggings (coloco elas por cima da calça de pelúcia/térmica)
⦁ 1 calça jeans (que vai no corpo sempre, ocupa muito espaço)
⦁ 1 bota Timberland, é à prova d’água e segura bem nos chãos escorregadios de neve e chuva, e também nas caminhadas pela cidade
⦁ 1 tênis de academia, porque é leve, fácil de carregar e muito confortável
⦁ 1 chinelo, uso dentro da acomodação mesmo como pantufa e para tomar banho

 

Fazendo um apanhadão mesmo, o que eu tinha pra falar sobre organização de mochilas tá aqui nesse post!
Caso tenha ficado alguma dúvida e/ou sugestão para outros posts, deixa um recadinho aqui nos comentários ok?

Gostou? Então não deixe de compartilhar com seus amigos e comentar abaixo!



PLANEJE SUA VIAGEM

Quer ajudar a SAVE sem gastar nada por isso?


Fazendo suas reservas através destes links nós recebemos uma pequena comissão, e você não paga nada a mais por isso.
Garanta sua Hospedagem: Booking.com || Hostelworld
Garanta seus Ingressos: Ticketbar
Garanta seu Chip internacional: Travel Mobile



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *